Blog

Como descobrir o código de peça de carro?

Como descobrir o código de peça de carro?

É inevitável. Cedo ou tarde, o automóvel vai apresentar um problema e pode ser que algum componente precise ser trocado. Saber o código da peça de carro, no entanto, garante muitos benefícios.

Afinal, nem sempre é fácil encontrar algo 100% compatível e optar por um acessório similar — que pode prejudicar o carro ou ajudá-lo pouco — acaba sendo inevitável.

Felizmente, o código de peça de carro existe justamente para evitar esse problema!

Neste post, vamos entender mais sobre o assunto: o que é, para que serve e como encontrá-lo. Ficou curioso? Então leia até o final!

 Entenda o código de peça de carro 

Qualquer fabricante ou varejista sabe: identificar e rastrear produtos é um dos maiores desafios da profissão, mas uma boa gestão de inventário sempre usa algum tipo de código universal para controlar o estoque interno e externo.

Em muitos casos, como de produtos do supermercado, usa-se o código de barras para isso. Embora seja a principal convenção do mercado, não é a única.

O setor de autopeças usa o código de peça de carro para realizar a identificação universal de produtos ou, como é mais conhecido, sistema de part number.

Part number é um código padronizado de identificação de peças, permitindo que fornecedores diferentes utilizem o mesmo componente sem ter problemas de compatibilidade.

É uma sequência de letras e números impressos de forma idêntica em todas as unidades. Pode ser aplicado na gestão de inventário e estoque, bem como na venda online.

Assim que for necessário trocar qualquer componente do carro, basta usar o código para encontrar uma peça idêntica. Isso facilita a vida do consumidor e da concessionária!

A peça de reposição é original?

As peças automotivas são primeiramente oferecidas pelas montadoras e, depois, passam para o mercado de reposição brasileiro. Ou seja, sim, são componentes originais.

Os itens da montadora e do mercado de autopeças são iguais, feitas pelo mesmo fabricante. A diferença é que uma leva o nome da montadora, a outra não e pode apenas ser encontrada no mercado de reposição.

Outra forma de distinguir os dois é no valor. Um produto original comprado na concessionária pode ser 40% a 50% mais caro que o mesmo produto no mercado de autopeças.

O código de peça de carro pode ser gerado por conta própria?

O código de peça de carro não pode ser gerado por conta própria! O part number pode ser emitido apenas pelos fabricantes, nunca por terceiros. Inclusive, é muito incomum que um item seja vendido sem já ter o próprio código de peça de carro ou código de barras.

A não ser, é claro, que o produto seja produzido por conta própria.

Todos os produtos têm um código de peça ?

Não! Setores específicos como o de autopeças e placas eletrônicas são os principais exemplos de mercados que usam o part number.

Outros (inclusive, a maioria) usam o código de barras. Um exemplo são as lojas de roupas.

 

Código de peça de carro - Part Number

 

Como descobrir o part number?

Embora não seja uma regra do uso do part number, muitas vezes fabricantes o inserem na parte “lisa” do componente e ainda o identificam como P/N.

Por exemplo, o tensor da correia dentada fica na parte de trás. Na vela de ignição, é marcado na beira do componente. No sensor de oxigênio, normalmente, na carcaça.

De qualquer forma, não há segredo: o código é bem visível. Tire o componente do seu carro e confira a etiqueta que se encontra na parte de trás!

Assim, fica mais fácil na hora de pesquisar um componente para o seu carro e você evita comprar o errado.

E se o código de peça de carro não for o mesmo do fornecedor?

O mercado de reposição é para quem conhece: nem sempre o código de peça de carro bate com o dos fornecedores. O que fazer? Procure o item de outro modelo!

Muitas vezes, determinada peça automotiva é usada por diferentes montadoras. por isso, pode ser aplicada em diferentes veículos, sem problema algum de compatibilidade.

Tanto o mecânico de confiança quanto a loja de peças possuem uma tabela que equivalem componentes de diferentes carros, indicando que item de outro modelo pode ser usado adequadamente.

Não é um processo de adaptação, apenas uma mesma peça que serve em vários carros diferentes.

Onde o código de peça de carro pode ser usado?

Em qualquer manutenção automotiva, normalmente é usado as peças do estoque da concessionária, mas imagine o seguinte: seu carro precisa de uma única peça original que está em falta ou é vendida somente no jogo completo.

É melhor comprar peças desnecessárias e deixar o seu orçamento estourar ou ficar com o componente defeituoso?

Resposta: nenhuma das opções acima!

O part number mostra de onde a peça original vem. Se a concessionária não pode fornecer o que o cliente precisa, o mercado de reposição certamente pode!

Dessa maneira, cada parte de uma peça é vendida separadamente.

Basta entrar em um site de confiança, localizar pelo código de peça de carro e pagar um preço justo e acessível.

O portal Peça na Web é bem completo no quesito venda de peças e acessórios automotivos. Vale conferir!

Conclusão

O código de peça de carro é um código padronizado de identificação de peças, muito usado no mercado automotivo.

Também conhecido como part number, serve para que o dono de um carro possa encontrar um componente compatível com o modelo toda vez que se deparar com um item defeituoso.

Encontrá-lo na peça é fácil: fabricantes procuram inserir o código nas partes mais visíveis, geralmente indicadas por “P/N”.

Após descobrir o part number, basta recorrer a um site de reposição de peças ou uma concessionária para consertar o seu veículo, mas lembre-se: no mercado de reposição, um item pode ser até 50% mais barato que na concessionária.

Especialmente, se você contar com a Peça na Web, portal online de venda de peças automotivas.

Entre no site para ter acesso ao maior estoque de peças originais do Brasil ou, se quiser disponibilizar o seu estoque no portal, conheça os planos e assine.

 

Procurando alguma peça?

Temos os melhores fornecedores de todo o pais.