Blog

Peças originais: por que usar?

Peças originais: por que usar?

O uso de peças originais é imprescindível para manter um veículo pronto para encarar ruas e estradas, mas nem todos seguem a recomendação e recorrem às paralelas.

Afinal, quais são as consequências dessa decisão?

Mesmo que substituir peças defeituosas do veículo por opções paralelas até cumpra com o propósito inicial de “economizar”, nota-se que os efeitos posteriores da manobra costumam custar caro.

No artigo de hoje, vamos falar sobre os riscos deste erro comum. Você também aprenderá como manter o carro seguro a todo momento. Vamos lá?

Peças originais oferecem economia financeira e de tempo

À primeira vista, peças originais pode parecer menos atrativas para consumidores justamente pelo valor que, quando comparado às genéricas, tem valor até 20% superior.

Por outro lado, quando instalada, uma peça alternativa possui durabilidade muito inferior à original. Em pouco tempo, será preciso repor novamente. Dependendo, pode ser até menos necessário fazer a reposição de outras peças também.

Ou seja, mais cedo ou mais tarde, será preciso pagar a conta de manutenção. É uma simples questão de quando e quanto o cliente pretende gastar.

Com base nisso, coloque na ponta do lápis: é mais benéfico investir em economia a curto prazo, que muitas vezes termina em prejuízo, ou em economia a longo prazo?

Antes que responda, conheça mais sobre as consequências de recorrer às peças paralelas.

Quais os outros riscos de usar peças paralelas? 

Peças paralelas são produzidas por uma variedade de empresas e, normalmente, são postas à venda por um valor significativamente menor que as originais. O segredo para serem mais acessíveis? A qualidade é questionável.

Como em qualquer mercado, itens vendidos abaixo da média são bem prováveis de serem de procedência duvidosa. No mundo dos automóveis, não é diferente.

E isso já evidencia o motivo pelo qual é contra indicado investir nestes produtos. Mas ainda há outras razões para evitá-las! A seguir, selecionamos algumas delas.

Itens de qualidade inferior

Para que as peças genéricas possam ter valores abaixo da média, muitas vezes utiliza-se materiais mais baratos (e de qualidade inferior). Isso pode comprometer o desempenho do veículo e, até mesmo, infligir riscos graves àqueles dentro do carro.

Um exemplo é a substituição de uma pastilha de freio por uma mais barata, mas que não consegue suportar alta temperatura. O sistema de freio do carro seria prejudicado e a segurança seria questionável. 

Outros componentes do carro podem ser danificados

É preciso que todas as peças do carro estejam alinhadas e perfeitamente harmonizadas para que o veículo funcione adequadamente.

Quando um item, por menor que seja, começa a falhar, o resto do sistema é sobrecarregado e o desempenho do carro, prejudicado.

No final, a segurança e vida útil das peças também são danificadas.

Peças com pouca ou nenhuma garantia

Peças originais sempre vêm acompanhadas de uma garantia, normalmente de um ano — em alguns casos, é até oferecida uma extensão do prazo.

Em contrapartida, as genéricas têm prazos bem mais curtos. 

Para que você não fique sem amparo em emergências, melhor recorrer às peças originais e garantia de assistência técnica.

 

peças originais para veículos

 

Principais vantagens de usar peças originais no veículo  

Agora que você já sabe os riscos de apostar em itens genéricos, vamos ao que interessa: as vantagens de usar peças originais no carro.

Ao contrário das paralelas, um consumidor pode desfrutar de diversos benefícios. A seguir, conheça os principais.

Peças originais passam por rigorosos testes de qualidade

Um dos principais diferenciais entre peças originais e as alternativas é a certificação de qualidade.

Enquanto montadoras oficiais submetem cada item do veículo a rigorosos testes de qualidade e garantem o bom funcionamento do item, algumas empresas apoiam-se no aspecto e funcionalidade semelhante das genéricas para vendê-las como se fossem iguais às genuínas, sem oferecer qualquer garantia.

Sem certificação, é impossível saber a procedência de uma peça automotiva, como quais materiais e componentes foram empregados durante a fabricação.

Qualidade de fábrica e eficiência garantida

Peças originais são feitas, não apenas com material de qualidade, como também por meio de mãos e processos confiáveis, testados e aprovados.

Peças paralelas, muitas vezes, sequer possuem certificado de origem.

Segurança comprovada para melhorar a performance dos veículos

Ao instalar peças originais no veículo, é possível garantir que as funções do sistema, como um todo, sejam exercidas como devem ser. Nada de item ser sobrecarregado por problemas em outro!

Desta forma, reduz-se os acidentes ocasionados por atritos entre as peças. Ao mesmo tempo, a performance do automóvel é favorecida, permitindo que atue de maneira eficaz por mais tempo.

Favorece o valor de revenda do automóvel

Pense bem: se até carros bem cuidados, 100% originais de fábrica, desvalorizam com o passar do tempo, imagine veículos com itens faltando.

Ninguém aceitaria pagar o preço de tabela por um carro com peças paralelas, nem por um veículo danificado por uso antigo desses itens.

Sendo assim, fica evidente que optar por peças originais garante melhores acordos na eventual revenda do carro.

Conclusão

Optar por peças originais na hora de substituir um item problemático ou fazer uma manutenção geral é a melhor opção por uma série de razões.

No final do dia, os benefícios da opção são favoráveis não apenas durante o uso do carro, em si, mas também para uma futura revenda. Automóveis com peças originais tendem a fechar melhores negócios.

Se você deseja encontrar peças originais no maior estoque do Brasil, clique aqui.

Se você deseja disponibilizar o seu estoque de peças originais no portal, conheça os planos e faça a sua assinatura.

Procurando alguma peça?

Temos os melhores fornecedores de todo o pais.